31 de dezembro de 2010

Feliz 2011!!



De tudo ficaram três coisas...
A certeza de que estamos começando...
A certeza de que é preciso continuar...
A certeza de que podemos ser interrompidos
 antes de terminar...

Façamos da interrupção um caminho novo...
Da queda,um passo de recomeço...
Do medo,uma escada...
Do sonho,uma ponte...
Da procura ,um encontro!


(Fernando Sabino)


 FELIZ ANO-NOVO, FELIZ 2011 !!!



.....

28 de dezembro de 2010

O Beijo Azul

" Da boca-mundi raia um beijo.
A boca emudece.
O mundo gira.
A língua tropicaliente
salta dos polos ao equador
dizendo que o beijo é azul
não importa a latitude.

O beijo viaja.
Ao longo tudo ecoa dor.
A boca do mundo grita de inquietude.

Abre-se um mapa mudo.
O mundo gira trazendo em raios
o melhor beijo do mundo.
Nos silenciando a boca.
Nos licenciando a língua "

...............



ps- esse poema não foi feito por mim,
nem sei o nome do autor (a)...
encontrei ele perdido na minha caixa de
email, deixo ele aqui por que me deu
vontade de deixá-lo aqui *-*

27 de dezembro de 2010

Sonhos, cores e frutas...



Fecho os olhos, sinto o vento sob o meu
rosto respiro, inspiro, respiro, inspiro...
pensamentos felizes ao meu redor, cores
de todas as cores, azul, amarela, abacate,
abacate? é tem frutas também, sinto cheiro
de melancia, respiro, inspiro, solto o ar e
abro os olhos...
as cores estão brilhando e as frutas viram
uma salada, faz tempo que não me sentia
assim tão solta e cheia de energia...
as cores ao meu redor vão sumindo e fica
apenas a luz do sol e o céu azul,  as frutas
ficam na minha imaginação, olho ao meu
redor e vejo que tudo foi apenas um sonho,
um sonho? eu não senti que estava dormindo,
fechei os olhos, respirei, inspirei e começei
a dar risada, será que era loucura a minha?
levantei da cama com vontade de comer
salada de frutas, abri a geladeira, não tinha
 nada, me desanimei, voltei a dormir.



................

22 de dezembro de 2010

Acabando...


É mais um ano indo embora, eu não lembro de ter feito
promessas, tenho o pensamento livre e cheio de dúvidas
com relação ao " acontecer "...
é tanta coisa que desejei  que acontecesse esse ano que 
 nem lembro mais o que foi ou se foi passou por mim que
nem vi, eu tento prestar mais atenção e desejar tanta coisa
que nem sei, tudo se embaralha e acabo me confundindo e
tudo de bom que passou fica em branco,deixando apenas
alguns rabiscos, misturados com tristezas e desilusões, eu tento
controlar isso, mais resolvi deixar para lá...
e esse ano foi assim, passou tão rápido, é sério eu me lembro
quando fiz 22 anos, não via a hora de chegar Agosto e já estou
em Dezembro e amanhã pode ser Abril?
mais o ano ainda não acabou, está acabando, ainda tem mais
coisa para acontecer, não quero terminar aqui, não agora.


...........................


Eu vejo um novo começo de era
  De gente fina, elegante e sincera
  Com habilidade
  Pra dizer mais sim do que não, não não
  Hoje o tempo voa, amor
  Escorre pelas mãos
  Mesmo sem se sentir
  Que não há tempo que volte, amor
  Vamos viver tudo o que há pra viver
  Vamos nos permiti
r..."                      
                                           ( Lulu Santos)


.....

21 de dezembro de 2010

homenagem

Quero hoje falar sobre um escritor, dramartugo e colunista
Marcelo Rubens Paiva, um cara genial.



   Sou uma menina viciada em livros, na época da escola entre a 7° e
8° série eu já estava na fase de ler livros sem parar, comecei lendo
OlgaQuando Nietzsche Chorou  entre outros, sendo que na biblioteca da
escola eu não tinha muitas escolhas e ficava desanimada.
 Quero deixar aqui o que eu disse ao Marcelo Rubens no seu blogue
 oficial sobre como encontrei o seu velho livro...

Relato dito no dia 19/07/2010 no blogue dele no Estadão

eu disse assim:

"E quero só dizer também aqui que a história do seu livro para chegar
nas minhas mãos é muito engraçada!
Estava no colegial ano de 2005, aula de história, a professora Adeilda levou
nós para irmos na biblioteca, foi bem legal porque sempre gostei de ler,
desde pequena, ai estava lá, escolhendo um livro legal, talvez romance?
Suspence? Aventura? Hummm ai veio a professora e me disse: – Bruna olha esse aqui, Feliz Ano Velho, eu li é muito bom! Quantos anos você tem?
eu primeiro olhei a capa rosa com
aquela foto do Marcelo, brega, o nome Feliz ano velho, que chatice, deve ser uma meleca esse
 livro, fingi um interesse por causa da empolgação da professora e peguei

o livro, minha idade era de menos, levei o livro pra casa...

Já estávamos no final do ano e a professora pediu para mim devolver antes
de terminar o ano né? Beleza.
Cheguei em casa li, li e li, acabei por volta das 4:00 hrs
da manhã, super feliz e ainda querendo mais!
Você entrou comigo em casa e
não queria te deixar, o ano acabou e seu livro ficou lá comigo, “roubei” ele,
não queria, não sou assim, mais não teve jeito, amor á primeira página…
Final do ano passado vi a professora novamente e ela me deu uma indireta: 
-Que você tenha um Feliz ano- velho viu!!”.
Eu desconversei, mais ela
percebeu! Eu disse apenas que era amor por você,
e pela leitura…




   Depois o Marcelo me respondeu assim:
" roubar livro da escola? foi maus hein? vai la e devolve, né?

  Indico Feliz Ano Velho á todos, e ele tem outras obras excelentes como
Blecaute, Malu de bicicleta, Ua:brari, A segunda vez que te conheci,
O homen que conhecia as mulheres, é só dá um google e procurar nas
livrarias também, mais hoje deixo aqui um pedacinho da minha vontade de
conhecer esse homen genial, amo esse cara e ele merece essa homenagem boba,
é pouco mais é de coração!!!


.......

17 de dezembro de 2010

De noite



As ruas seguem sozinha, eu fico parada, pensando e
buscando um conforto, estou me sentindo só no escuro, 
mesmo que isso pareça impossivel, mesmo que eu esteja
ficando deprimida novamente eu não consigo esconder
esses momentos, é de noite, é de dia, meu coração está
apertado, doendo com as batidas e não consigo, não sei o
que faço, realmente não sei o que fazer...
sei que sempre falo sobre isso, mais não consigo  
esconder minhas melancolias, pode ser que seja só hoje,
amanhã é outro dia.

14 de dezembro de 2010

Vontades...

Dormir....

o sono vem, o sono vai
o tempo frio me atrai e me
deixa assim com esse sono
essa vontade de dormir e
esquecer o dia de amanhã...

Comer...

a fome também me chama, me diz "oi "
sinto os cheiros, são tantos!! salada ou
massa? comida japonesa? adoroooo...
odeio ficar com vontade e sei que hoje
vai ser assim...






Namorar....

como é bom né?
quando estamos juntos o tempo passa
tão rápido, eu reclamo, mais não adianta
de nada, talvez eu seja realmente exagerada,
não tenho vergonha de dizer que estou
apaixonada e é assim mesmo, essa vontade
de querer mais e mais e sempre ficar com
essa sensação de não ter nada...






Sair com os amigos....

faz tanto tempo que não me divirto,
não saio para dançar ou pra conversar
com os meus amigos, eles mudaram, eu
mudei, na verdade tudo mudou hoje e
ninguém mais tem tempo pra isso, sinto
que meus amigos são amigos de ninguém...




      ................                                                                                                       




 É acordei assim , na verdade eu me
sinto assim todos os dias, os anos estão
passando rápido demais e eu me sinto
cansada e sem vontade nenhuma de fazer
nada, me sinto assim sempre, parece que não
tenho outra saída e as direções já foram tomadas
mais não, não sei de nada ainda e fico assim....
essas vontades que vem, vão embora,
vão junto com a chuva lá fora.



12 de dezembro de 2010

Meu irmão, minha vida....

  

   Queria dizer aqui que amo muito uma criança...
ele  não nasceu de mim, não aceitei ele quando descobrir
que ele viria ao mundo há dois anos atrás...
não queria ele quando minha mãe engravidou, achei que
ela estava velha e poderia correr riscos, não queria e
mesmo assim não pude fazer nada contra...
pensei em ir embora de casa, mais não deu certo, fiquei.




Acabei aceitando então, por amor á minha mãe, e quando
fiquei sabendo que era um menino adorei, tanto que o nome
dele foi eu quem colocou, Denis, sim ele é um pimentinha...
 Agora somos  cinco irmãos, mais o Denis eu vi nascer,
sim assisti o parto, foi horrivel e penso em não ter filhos
ás vezes, mais é meu sonho ser mamãe, enfim...





 Hoje ele me chama de Vida, eu sou a vida dele, mais
quero deixar aqui o quanto amo essa criança, o quanto
ele é importante paa mim, meu irmão, minha vida!







.............................................................................................................................

7 de dezembro de 2010

É...



 Hoje eu to sem inspiração
não consigo encontras as palavras
certas nem o rumo ou alguma direção,
não consigo encontrar nada a não
ser os não e não e não...
nada vem e nada vai, tá tudo aqui
mais não quer sair e então tudo fica
em branco e eu tento algumas
distrações, ollho pro lado, pro chão,
sem clima, sem nada, nem rima...




........................


depois, vem do nada.

2 de dezembro de 2010

O inesperado



Era de noite, no fim do dia,
quase meia noite perto da
madrugada...

Passou perto de mim e
naquela escuridão não vi
nada, nem me mexi, fiquei
em silêncio, fechei os olhos,
apenas senti...

Senti um tormento, uma
vontade de gritar e sair
correndo...

Senti que tava tudo errado
não era ali o meu lugar
eu estava enganada sobre
tudo e o tempo todo ele
estava ali, ao meu lado,
esperando uma oportunidade...

Ele estava ali esperando que eu
percebesse, naquela noite fria
e sem sonhos, que não era eu ali
e se eu não era eu, quem eu era?
tudo tava cofuso e atrapalhado...

Abri os olhos e quando olhei
na janela não tinha mais nada
e o sol tinha aparecido e os
passarinhos começaram a
cantar uma música dos Beatles,
resolvi tomar um café.

...............

30 de novembro de 2010

Tá tudo mal



Nem queria falar sobre isso
nem sobre nada
mais não tem como esconder
tá tudo indo por água abaixo,
junto com a chuva lá fora
tudo se infiltrando no esgoto,
caindo pelo ralo,
parecia que ia ficar bem
que ia dá tudo certo, eu pensei
é minha sorte agora,
não preciso de mais nada...
me enganei.
Sempre me engano e isso
machuca, me distroí, me faz mal...
tá tudo mal e não quero saber de
nada agora.

26 de novembro de 2010

De lá pra cá...

Andei, sentei, parei, olhei, dormi, sonhei,
virei, achei, estranhei, encontrei, larguei,
vomitei, me fez mal, caguei...
 Fiquei, duvidei, beijei, cherei, respirei,
dançei, informei, busquei, tentei, vasculhei,
abandonei, me entreguei, me apaixonei...
 ei ei ei ei ei...

Tanta coisa que passa, que fica, que deixo
de lado, que não tem importância pra outros
mais que importa pra mim, eu quero mudar
isso, me revolto, grito e de nada adianta ...

Tento correr, mais não consigo, tenho falta
de ar, minha coluna não está legal, deve ser
érnea de disco, meus dentes estão amarelados,
não consigo dormir direito, meus pesadelos
estão sem sentido, não dá para evitar...

Ela vem e eu tento correr disso, ás vezes ela me
pega de surpresa, olhando no espelho, não me vejo
mais é ela que está lá e não posso mudar nada,
meus gritos não fazem efeitos nenhum agora,
não tenho mais voz, já estou exausta, dolorida,
tentado encontrar um tempo...

 
E faz algum tempo que já não sei mais, já esqueci
de tudo que eu queria saber e o que eu quero agora
nem faz sentido, já me esqueci.

19 de novembro de 2010

Amor pra quê?

Ele disse que ia gostar de mim, disse que me amaria
e que ficaria comigo para sempre, que eu seria a única,
que não me faria mal algum e que tudo dele seria meu,
seríamos só um.

Não acreditei.



Ele começou a beber e sair com os amigos, chegava
em casa tarde, enquanto eu passava toda a sua roupa,
tinha outro cheiro na sua camisa suja, ele não falava
direito comigo e tinha noites que ele preferia dormir
no sofá com o gato.
  Enquanto eu que tinha passado horas no salão, feito
as unhas, escova nos cabelos, enquanto eu comprava uma
camisola preta pra tentar chamar a sua atenção, queria
mudar e queria que ele me visse diferente e sensual, mais
ele nem olhou na minha cara, o gato miou e ele foi pra lá,
assistir o jornal da meia-noite e acabou passando a noite
com o gato.

No começo...

Eu sentia que era isso que eu queria, que meu sonho
tinha sido realizado e que nós dois éramos um só.
O amor estava no ar como o melhor perfume, como
o mais doce dos chocolates, até que me deu dor
de barriga...
  Tive que procurar um médico, eu  me enjoei do cheiro
dele e aquela doçura toda mexia com meu estômago,
nem  pensava em ficar em casa, ia visitar minha familia
ou fingia que estava com dores e ia dormir cedo, tudo
mentira, eu não queria ele mais e estávamos apenas no
começo.

Mais aconteceu...

Resolvi largar de mão, começei a ir pras baladas de
rock e me lembrei que conheci ele assim, dançando uma
música da Blitz, fiquei cansada e resolvi me sentar
ele chegou em mim e nem pediu liçenca...
Foi se sentado chamou o garçom e pediu uma porção
 de batatas-frias é batatas-fritas, desce dois, desce mais,
começei a rir , tudo se encaixava na hora da música e eu
sabia que amaria ele, mais ele não soube me amar.

E foi o fim...

Acabou no fim de tarde, eu cansada, cheguei do
trabalho olhei para tudo que tinha construído ao seu
lado, os planos passados, arrumei minhas coisas, não
olhei pras fotos, não queria lembrança nenhuma não
queria levar nada, nem mesmo o gato que acabou
ficando com ele.

17 de novembro de 2010

Aqui, agora.

 As horas não passam e ainda to aqui com calor, querendo sair
correndo, tomar um banho gelado, esfriar minha impaciência,
esfriar essa minha vontade avalassadora...

A rotina do trabalho até que é animadora, atende ligação,
derruba ligações, os cliente são super estressados, eu tenho
cara de parcelamento? sim eu sou mais estressada que esses
clientes filhos da mãe, que ódio...

Mais não reclamo, é a lei e se eu não trabalhasse não teria
dinheiro e não teria conseguido muitas coisas boas, amizades
de ouro e outras  ruins como as dívidas que tenho do cartão de
crédito que não vem ao caso no momento e também não quero
lembrar...

Mais me lembro que nesses dias falei que estava eufórica,
meu final de semana foi muito bom, fiquei sem fazer nada e
fiz algumas coisas, e ainda quero mais, não foi tudo por completo, 
sem contar que estou meio louca hoje, na verdade louca é
muito pouco pra mim ...

Sou muito sincera, não nego meus anseios, minhas vontades, 
não quero trabalhar, não quero ficar em casa e nem reclamar
de nada, nem ficar olhando pro nada, de novo nessa agonia.





.........................................................

13 de novembro de 2010

Outras coisas

Tava aqui pensando que nesse friozinho é tão bom
pra estar deitado na cama, um frio bem gelado
e outra pessoa ao meu lado, é claro meu namorado.
 Nada de meia nos pés, quero sentir aquele arrepio,
subindo pela espinha, sensação boa essa...
 esse é o começo de tudo, ver filme?
eu tentaria, mais não consigo pensar em nada, perco
a concentração e vem a lucidez, estou pedindo pra
que isso aconteça, as horas não estão ao meu favor,
é muito fácil perder o controle, mais sei que nada que
eu quero vai acontecer, não hoje.



 Mais eu tive outras idéias....


....................................................................................





Ps- Hoje eu estou assim, bem eufórica, saudade do meu namorado
que não vejo há 3 dias, lógico que tentarei vê-lo hoje mais as
chances são poucas, só que amanhã é certeza e já tenho
alguns planos em mente ( não vou contar aqui) e ele
nem sabe ainda !!
  O tempo frio me deixa elétrica e também esse post era para
 ter sido publicado desde ontem, a foto não consegui salvar do
jeito que eu queria e a cor da letra também não, não ficarei
 irritada por isso, são só erros e não quero pensar nisso agora,
só em outras coisas...



Bom final de semana frio á todos!



10 de novembro de 2010

Pensando...

Que posso também estar totalmente enganada
posso buscar palavras desconhecidas e
posso também fingir que não é nada...

Olhar pra frente e ver que posso seguir,
dormir e acordar vendo que apenas sonhei.
Posso disfarçar e buscar mais leitura,
posso ir trabalhar e esquecer meus problemas.

Tem dias que sei que é difícil, mais se eu não
sentir que posso quem vai fazer isso por mim?


++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++








  Com esse tempo de chuva, não dá vondade de fazer nada né?
ontem fez um calor e choveu de noite, hoje o tempo fechou e o sol
se escondeu, não deu nem as caras.É em São Paulo é assim e não
dá nem pra fazer planos com o tempo...
e eu não queria ficar aqui trabalhando, mais não tenho escolhas e
olha que tem show do Nando Reis perto da minha casa hoje e não
vou ir porque vou  trabalhar, trabalhar, trabalhar, que palavra
mais complicada de entender, a palavra férias parece ser mais
feliz, mais animada, quero sol, quero dormir, assistir filme, ver
o show do Nando, quero namorar bastante, beber muita coca-cola
bem gelada e ver o dia passar, terminar de ler meus livros, ir ao
teatro, tomar banho gelado, mas aqui estou eu reclamando de
novo, to parecendo uma velha na menopausa, deixa pra lá.



8 de novembro de 2010

Passa o tempo...

     

                    

Hoje acordei pensando em como é bom ser criança e não ter
que descobrir um mundo tão cruel, tão preto e branco ...
Tudo passa tão rápido que agente nem sente, não sentimos
e não demos conta que estamos ai resolvendo problemas que
antes parecia apenas uma brincadeira.

As amizades mudam, mesmo agente fazendo aquele pacto
de sangue, mesmo passando a maior parte da nossa infância
ao lado de outra pessoa e tendo a familia dela como a nossa familia.

É ruim e demora para acostumar, vamos crecendo e isso já não é
tão engraçado assim e quando tentamos correr, quando cansamos 
de brincar e vamos dormir, já é outro dia, a escola acabou, temos
que procurar um emprego, começamos a nos preocupar com a
aparência e percebemos que tem alguma coisa errada, tá faltando
alguma coisa, paramos no meio do caminho, olhamos para trás e
vemos outras crianças, vemos outros tipos de brincadeira e
percebemos que a nossa própia chegou ao fim...

Sinto falta dos meus amigos de infância, da busca pelo primeiro
beijo, pular de amarelinha, correr descabelada, não se preocupar
com a hora, tomar sorvete no frio, brincar, dançar, pular, gritar
e esquecer das responsabilidades, era tão bom, tudo tão fácil...

Mais não podemos ser criança para o resto da vida, temos que nos
preocupar em qual presidente vai governar o Brasil, se o salário
vai aumentar ou se não iremos ultrapassar o limite do cartão de
crédito, se vamos namora alguém legal? que faculdade fazer?
ou será que os  nossos sonhos de criança era apenas de criança?.


...

3 de novembro de 2010

Céu azul


Vejo lá fora as cores
são tantas, tudo brilha
e onde estou agora?
não consigo me lembrar...
olho pros lados
as pessoas são estranhas
não mudam de assunto
não sentem minha presença
será que não estou aqui?
ou o céu azul lá fora
é só a miragem?
não sei dizer, não sei de nada
e nem quero pensar nisso.
 Agora peço um tempo
um tempo que não quer parar...
e ao meu redor tudo não faz sentido
nem mesmo esse  céu azul
é sempre assim...
vai e volta e eu acabo em
dúvidas, olhando pro céu
que não tem culpa de nada.

1 de novembro de 2010

Ruffles e um pouco de descanso

Comendo, comendo e comendo...
pensando no que farei amanhã,
o feriado tá ai e não pensei em nada...
hummmmm....
 Vou deixar aqui uma frase da Clarice, adoroooo!!

.........................................................................................

" Minha alma tem o peso da luz.
Tem o peso da música.
Tem o peso da palavra nunca dita,
prestes quem sabe a ser dita.
Tem o peso de uma lembrança.
Tem o peso de uma saudade.
Tem o peso de um olhar.
Pesa como pesa uma ausência.
E a lágrima que não se chorou.
Tem o imaterial peso da solidão
no meio de outros".

                                       ( Clarice Lispector )


............................................................................................


Ps- com um pouco de dor de cabeça e vontade de
dormir, ler o livro Comer, rezar e amar e dormir
mais um pouco, estou tão cansada!
 Desde de ontem ando um pouco ruim, dor de cabeça
entre outras, mais não irei ficar neurótica, porque amanhã
é feriado, dia de dormir até tarde...


fui.

29 de outubro de 2010

Fim de outubro





Eu aqui sentada pensando em como o tempo
passou e está se passando muito rápido, as
promessas do ano passado não me lembro mais
e nem quero fazer mais promessa nenhuma,
não sei se vale tanto a pena assim, como eu
disse no final sempre acabo esqueçendo.
Esquecer agora está se tornando a coisa mais
normal pra mim, acordo bem e quando saio pra
trabalhar no meio do caminho me perco em outro
lugar, não lembrando de nada, nada.
Sim já fui ao médico especificamente ao neurologista
e ao meu pensar das minhas loucuras, tenho que tomar
o que eu odeio, esses remédios, acho que a cura em mim
não é assim pelos remédios, mais se eu não tomar isso
eu posso me perder e acabar me encontrando fazendo
alguma coisa errada no lugar errado e na hora errada.
 Mais estamos chegando em Novembro e percebo que
de tudo que reclamo aqui ás vezes vale a pena, porquê
é um grito pra mim mesma, são tantas coisas idiota, sem
prioridade nenhuma, sem nenhum interesse e eu na hora
fico logo empolgada, achando que isso é o certo,mais vem
aquele outro lado e me diz que não, não é bem assim que
funciona, eu que entendi tudo errado.
 Deixo aqui alguns pensamentos para não esquece-los
mesmo que sejam puramente um grito, um socorro, uma
música ou nada, na maioria das vezes vem o nada.
 Poder ser que o nada seja o melhor.

28 de outubro de 2010

Essa música não sai da minha cabeça !!!

Uma mensagem de amor

Os livros na estante
Já não tem mais
Tanta importância
Do muito que eu li
Do pouco que eu sei
Nada me resta

A não ser
A vontade de te encontrar
E o motivo eu ja nem sei
Nem que seja só para estar
Ao teu lado só pra ler
No teu rosto
Uma mensagem de amor

A noite eu me deito
Então escuto
A mensagem no ar
Tambores runfando
Eu ja não tenho
Nada pra te dar


A não ser
A vontade de te encontrar
E o motivo eu ja nem sei
Nem que seja só para estar
Ao teu lado só pra ler
No teu rosto
Uma mensagem de amor

..............................................................................................


  ps- ah queria dizer tantas
coisas,mais não saiu nada
deixo aqui a música
dos Paralamas do Sucesso
que não sai da minha cabeça
desde a hora em
que eu cheguei aqui
no trabalho...
é isso !
                                  




26 de outubro de 2010

É falta alguma coisa...


E eu to com essa sensação,
aquela dor que dá na barriga, não
não é cólica e nem gases, eu sinto
que falta alguma coisa nisso tudo,
algo de arrepiar, de me fazer dançar
em outro mundo, alguma coisa...
eu até posso ficar bem e dizer que
tá legal, posso falar e sorrir e andar
pela chuva dançando, não seria falsidade
da minha parte mentir pra mim mesma e
tentar me esconder em algum lugar, meu coração
 tá apertado e isso é ruim eu sei, os batimentos se
aceleram quando penso que não é assim, não pode
ser isso, pode ser um exagero meu ou não?
  Mas quando eu paro pra pensar, eu penso em
não dizer nada, posso estar enganada, posso
fingir simplesmente que estou bem, de novo,
sempre e sempre fingindo e fugindo dos meus
erros tão fáceis de se resolver, as palavras vão
saindo, sem mais nem menos,mais porquê sinto
que não vai ser assim tão fácil? eu sinto que falta
alguma coisa, desde o começo foi assim e não sei
porquê, se é que existe um porquê...

25 de outubro de 2010

Final de semana

              

          

Tudo planejado, comprar meu livro querido,
sou viciadamente fanática por livros...
quando eu e meu namorado entramos na livraria
ele fez uma cara de interesse, mas lógico
ele não via a hora de sair dali, eu percebi,
mais também não falei nada...
estava com uma fome do caramba, então
 fomos ao Mc´donalds, ele não curtia
esse tipo de passeio antes, mas eu sim, sempre gostei
de comer no Mac, mesmo que muitos falem que
os lanches são feitos de minhoca, cada um
é cada um e gosto é gosto né?
ele gostou, não era a 1° vez que comemos lá,
depois do lanche eu ainda consegui tomar um sorvete,
depois reclamo que estou engordando que nem  louca,
e olha que reclamo disso diariamente e mesmo eu
tendo razão, não adianta em nada, absolutamente em nada.
 Vai entender o cérebro feminino.

..............

 Agora estou aqui no trabalho, ao invés de trabalhar
resolvi pintar as unhas, parei de roer as unhas,
sempre achei feio menina com unhas ruidas
e ajuda muito ter as unhas grandes, alguns
arranhões aqui outros ali, hahaha...
a rotina aqui é de desanimar qualquer um, o sol
lá fora se esconde sobre os prédios da av. paulista,
aqui o ar condicionado esfria minha memória,
 minha vontade de trabalhar é pouca, é eu reclamo e
estou aqui, mais não tem outras formas de pagar minhas
dívidas do que trabalhar e nada de ganhar dinheiro fácil...
 Estou com fome...

.......................

O que me resta agora é pensar em ver o Renato ainda
hoje, chegar em casa rápido, comer e dormir...
não vejo a hora também de chegar novembro,
esses mês parece que não acaba nunca...

.......................

fui.




 

23 de outubro de 2010

Música de hoje:




                                          
Sonhos e Planos
Ao mesmo tempo
Que tudo se encaixa em seu lugar
Vou continuar
Com os meus planos
De ter algo pra poder viver
Sem ter que sofrer
Mas insistem em jogar
Nosso orgulho em algum lugar
Que não tem mais como
Levar adiante o sonho de viver
Quero viver em paz
Sonho de viver em paz, em paz
Sonho de viver em paz

Mas não vou desanimar
Isso tudo vai ter que mudar
Onde vai parar?
A verdade tem que um dia aparecer



                                                             - Cpm 22 -

......................................................................

Ps- algumas lembranças da minha fase adolescente
revoltada, época em que curtia muito cpm e fazia
planos e fugas pra shows, foi muito bom, eu e uma
das minhas amigas Laureen nos divertíamos muito,
lógico que eu era sempre a lúcida e a mais "comportada",
sempre tinha que levar as amigas bêbadas e inventar
aquela desculpa esfarrapada, é como o tempo passa,
já me sinto tão velha e sem tempo pra nada...
 e a vida é assim, quando passa agente pensa
em voltar, mais não dá, não inventaram a tão esperada
máquina do tempo...
    Bom hoje vou fazer um progaminha á dois, espero
que seje bom, o tempo está esfriando, adoroooo!!

  Bom final de semana á todos !!!

  
    

20 de outubro de 2010

Alô, alguém ai?

                                          
                           
- No momento o sistema está em atualização, retorne
em instantes, obrigada.

.....

Meu namorado diz que sou exagerada,
e o pior de tudo é que não sou, ou sou e não sei
que sou? ele está comigo há 3 meses, hoje faz
3 meses que estamos juntos e parece que estou
sozinha, será que é certo isso? tudo que faço
é exagero então? eu falo alguma coisa...
é exagero...

.....

Hoje vai ser assim, meu sistema vai
estar em atualização o tempo todo,
ele tem que me entender e perceber
que mulher é assim mesmo,
eu sou assim, meio dramática
quando quero falar alguma coisa
sou super sincera, não faço rodeios
o que eu posso fazer ?
essa sou eu e não vou mudar
em nada, eu deveria estar feliz
mas é sempre assim, sempre dá errado...
estou com raiva e fome e sono...
queria sair, ir embora, dormir..

.....


" Não demore eu tô de volta, vai ver
se eu to lá na esquina devo estar,
já deu minha hora eu não posso ficar
a lua me chama eu tenho que ir pra
rua, a lua me chama eu tenho
que ir pra rua..."                                 


                                                ( Lenine)

18 de outubro de 2010

Pendências...

 
 Tá ai um livro excepcional para ler...
para quem gosta de Harry Potter vai amar As Aventuras do Caça-
Feitiço, a história de Tomas Ward é bem mais adulta e muito,
muito interessante, já li os 3° volumes, estou lendo novamente
porquê pelo que  pesquisei na internet o 4° chega em novembro
nas livrarias, não sei se é a pura verdade, mais estou aguardando
ansiosamente por esse dia !!
Só que estou  muito desanimada pra ler novamente, já estou
na metade mas prefiro dormir no metrô ou ouvir música, hoje
fiz um esforço, falta pouco pra acabar e é muito legal, a história
dá até um pouquinho de medo pra quem lê á noite, é sério !

......

 Eu também quero comprar outro chamado Comer, rezar e amar,
me falaram que é muito bom e não compro livros á meses, mais
acho que esse poderá ser um presetinho pra mim, quem sabe?
sou um pouco pidona, quando eu não trabalhava tive que
ralar pra conseguir completar minha coleção do Harry Potter,
isso é uma longa história...

......

Não tenho nenhuma novidade, olhando pela janela percebe
que vai chover e hoje esqueci meu guarda-chuva, não ando
com guarda-chuva, prefiro me molhar. Aqui no trabalho
não estou trabalhando, segunda-feira sempre é assim,
desanimada, com cara de chuva, nossa já é 18:00!!
esse horário de verão me confunde pra caramba, deixe
eu trabalhar um pouco, infelizmente faz parte.


......

16 de outubro de 2010

Ela briga comigo

                                    

Até parece que sou aquela menina pré-adolescente rebelde....
pior que não.
Sou super na minha, gosto de tudo certinho e organizado,
odeio a casa bagunçada, odeio gritaria, mais eu grito muito.
Minha mãe briga muito, muito comigo, eu e ela vivemos numa
guerra lá em casa, porquê ela diz que eu faço uma tempestade
enorme, e casa com criança ( meu irmão de 2 anos, 14, 19 e
um primo de 16) é assim mesmo, nunca está organizada, mais
eu não fico na minha e é ai que começa a guerra quente...
grito, brigo, xingo e o escambal, ajudo nas contas, sou a única que
trabalha, não mexam nas minhas coisas, vou embora daqui...
depois a guerra vai esfriando...
lógico eu sempre perco no final das contas e mesmo que eu reclame
de tudo, de nada adianta, nem um esforço...
e não me sinto uma pré-adolescente revoltada, teve uma fase
que fui mesmo, o momento Rock, garotos, escola....
tanta coisa se passou, tanta coisa pra acontecer,
mas vou fazer aulas de ioga, tpm não deve ser, porque
as brigas são sempre que possiveis, então stress?
não sei ainda, mais quero viver numa boa com a minha mãe,
amo ela, quero o melhor pra todo mundo, do meu jeito organizado
e revoltado de tentar entender o que ninguém entende.

14 de outubro de 2010

Você me deixa assim...

                     


meio que perdida
meio que encontrada;
curiosa, com raiva;
distraída, com saudades...
está tarde agora,
não sei se irei te ver
que agonia não ter as respostas pra hoje
não consigo ter paciência pra nada
o trabalho não pára,
as pessoas falam e falam,
tudo a mesma coisa,
todo dia, toda hora,
quero ir embora mais não é agora,
ainda não é a hora...
você me ligou,
eu sei e fiquei feliz por isso,
mais não é só isso que quero,
eu nao quero só isso...
estou ainda com saudades enormes,
você me fala que sou exagerada
mais acho que estou apaixonada...
ou é você que me deixa assim
meio que perdida, meio que achada?

10 de outubro de 2010

Temos que entender....

 


temos que fazer muita coisa  e a principal delas é compreender
e aceitar os defeitos dos outros...
eu sou uma pessoa muito perfeccionista,
mandona, chata e em casa eu critico muita coisa e tem horas em
que paro pra pensar em mim, em tudo ao meu redor....
reclamo muito de tudo e não percebo o quanto estou
errada, sim tenho que me entender, tenho que aceitar que
errar é humano e não sou a menina mais certa do mundo,
ninguém é!!

...................................


  "Para compreender as pessoas devo tentar escutar o que elas
não estão dizendo, o que elas talvez nunca venham a dizer."

( Powell )

9 de outubro de 2010

Estava demorando...

Acabou a alegria lá no meu trabalho...
tiraram a internet e agora vai ficar dificil entrar...
não tenho computador ainda e já esta tão acostumada
vou demorar pra postar alguma coisa, mais não quero
demorar muito tempo...
só vou deixar aqui esse recadinho né?
sempre é bom lembrar a todos que lêem meu blog...
fiquei super triste, isso aconteceu ontem á noite, fiquei com raiva,
mais é assim mesmo, nada dura pra sempre e tava mesmo demorando
pra isso acontecer, é a vida, nada é do jeito que queremos!!!

Beijos até mais!

7 de outubro de 2010

Música de hoje

         Lanterna dos Afogados




                                                                               
                                   
Quando tá escuro
E ninguém te ouve
Quando chega a noite
E você pode chorar


Há uma luz no túnel
Dos desesperados
Há um cais de porto
Pra quem precisa chegar


Eu estou na lanterna dos afogados
Eu estou te esperando
Vê se não vai demorar


Uma noite longa
Pra uma vida curta
Mas já não me importa
Basta poder te ajudar

E são tantas marcas
Que já fazem parte
Do que eu sou agora
Mas ainda sei me virar


Eu tô na lanterna dos afogados
Eu tô te esperando
Vê se não vai demorar

                                                    
                                                                       - Paralamas do Sucesso -
 




Ps - Estou no trabalho, parece sempre a mesma rotina né?
mais estou vendo a chuva lá fora, ouvi muito essa música
hoje, sou viciada em livros, músicas e filmes, etc...
mas hoje e acho que a semana inteira ando sem nenhum
pique pra escrever e olha que amo escrever...
deixo aqui a música de hoje, muito boa !!
                          

                                                                  ................