21 de dezembro de 2010

homenagem

Quero hoje falar sobre um escritor, dramartugo e colunista
Marcelo Rubens Paiva, um cara genial.



   Sou uma menina viciada em livros, na época da escola entre a 7° e
8° série eu já estava na fase de ler livros sem parar, comecei lendo
OlgaQuando Nietzsche Chorou  entre outros, sendo que na biblioteca da
escola eu não tinha muitas escolhas e ficava desanimada.
 Quero deixar aqui o que eu disse ao Marcelo Rubens no seu blogue
 oficial sobre como encontrei o seu velho livro...

Relato dito no dia 19/07/2010 no blogue dele no Estadão

eu disse assim:

"E quero só dizer também aqui que a história do seu livro para chegar
nas minhas mãos é muito engraçada!
Estava no colegial ano de 2005, aula de história, a professora Adeilda levou
nós para irmos na biblioteca, foi bem legal porque sempre gostei de ler,
desde pequena, ai estava lá, escolhendo um livro legal, talvez romance?
Suspence? Aventura? Hummm ai veio a professora e me disse: – Bruna olha esse aqui, Feliz Ano Velho, eu li é muito bom! Quantos anos você tem?
eu primeiro olhei a capa rosa com
aquela foto do Marcelo, brega, o nome Feliz ano velho, que chatice, deve ser uma meleca esse
 livro, fingi um interesse por causa da empolgação da professora e peguei

o livro, minha idade era de menos, levei o livro pra casa...

Já estávamos no final do ano e a professora pediu para mim devolver antes
de terminar o ano né? Beleza.
Cheguei em casa li, li e li, acabei por volta das 4:00 hrs
da manhã, super feliz e ainda querendo mais!
Você entrou comigo em casa e
não queria te deixar, o ano acabou e seu livro ficou lá comigo, “roubei” ele,
não queria, não sou assim, mais não teve jeito, amor á primeira página…
Final do ano passado vi a professora novamente e ela me deu uma indireta: 
-Que você tenha um Feliz ano- velho viu!!”.
Eu desconversei, mais ela
percebeu! Eu disse apenas que era amor por você,
e pela leitura…




   Depois o Marcelo me respondeu assim:
" roubar livro da escola? foi maus hein? vai la e devolve, né?

  Indico Feliz Ano Velho á todos, e ele tem outras obras excelentes como
Blecaute, Malu de bicicleta, Ua:brari, A segunda vez que te conheci,
O homen que conhecia as mulheres, é só dá um google e procurar nas
livrarias também, mais hoje deixo aqui um pedacinho da minha vontade de
conhecer esse homen genial, amo esse cara e ele merece essa homenagem boba,
é pouco mais é de coração!!!


.......

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir